ÁREA RESTRITA: BJ CONNECT
 

Novidades

10.10.2018

Antes da matrícula, conheça a escola do seu filho

Compartilhe esta notícia:   
Antes da matrícula, conheça a escola do seu filho

Mais do que avaliar apenas a estrutura física, visitar pessoalmente a escola é uma oportunidade de conhecer a coordenação pedagógica, os valores trabalhados e a metodologia aplicada. Essa também é uma oportunidade de tirar dúvidas e ter informações específicas sobre o ano de interesse.

Estrutura e organização - Pesquisar pela internet pode ser uma estratégia para selecionar as escolas de seu interesse, saber a localização e ver fotos dos espaços, por exemplo. Porém, estar presencialmente é uma oportunidade de entender na prática a dinâmica escolar. “Os familiares podem observar as atividades pedagógicas em andamento, deslocamentos das turmas de um espaço para outro, crianças brincando, barulho no momento do recreio. Além disso, é o momento para conhecer, de fato, a estrutura física e as atividades ofertadas, complementando o que viu no site”, aconselha a gestora do Colégio Bom Jesus Água Verde, Giselle Merlin de Andrade.

Valores - Outro ponto para se inteirar é sobre a filosofia da escola e se esta é coerente com a expectativa da família. Na visita pessoal, é possível ter mais segurança para escolher a escola, optando por aquela que vai ao encontro dos princípios e valores que acredita serem necessários para a formação integral do aluno, no âmbito pessoal e acadêmico.

Propostas pedagógicas - Os pais devem observar como se organiza a proposta pedagógica, entender se a grade curricular já está adequada às novas habilidades da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e pesquisar sobre a oferta de atividades extracurriculares − esportes e empreendedorismo, por exemplo − ou seja, atividades além do currículo regular. “É necessário, também, avaliar se a escola tem programas para o desenvolvimento de habilidades sociais e socioemocionais. A visita não é apenas para conhecer o espaço, mas sim para verificar todo o conjunto − filosofia, pedagógico, infraestrutura, entre outros”, completa Giselle.

Comunicação e tecnologias - O uso da tecnologia em sala de aula, cada vez mais presente no dia a dia de muitas famílias, também é outro item a ser avaliado. É importante ainda entender como acontece a comunicação com a escola − agenda, telefone, site. Por fim, os pais precisam analisar se o ambiente é acolhedor, seguro e estimulador para o desenvolvimento do seu filho. E, acima de tudo, sentir confiança na escola.

Aluno na visita - Outra dica é levar a criança, adolescente ou jovem para conhecer o espaço em que estudará. Isso permite que ela tenha contato com os materiais pedagógicos e participe da explanação sobre as particularidades da escola. Assim terá mais condições de conversar com os pais ou responsável sobre a visita realizada, além de ser uma oportunidade para a escola conhecer o futuro aluno, conversar com ele, explorar suas preferências.

Perguntas importantes
Está em dúvidas sobre quais perguntas fazer na visita à escola? Veja as orientações da gestora Giselle:

  • No caso da Educação Infantil, os pais podem perguntar sobre o desfralde ou as idas ao banheiro, a alimentação, a ambientação, o trabalho realizado e os momentos do brincar, por exemplo.
  • As famílias que procuram a escola para o ingresso no Ensino Fundamental já visam ao trabalho pedagógico, ao desenvolvimento acadêmico e devem se assegurar quanto à proposta da instituição.
  • Em todas as idades é interessante saber as opções de turnos oferecidos pela escola, como período integral ou manhã ou tarde, bem como os horários de entrada e saída.
No Bom Jesus, após fazer o cadastro de interesse, as famílias são convidadas para uma visita. “Nesse momento, é importante a família relatar sobre o desenvolvimento do futuro aluno, informar se tem algum atendimento especializado, visando à preparação para o trabalho letivo”, explica Giselle.

Esse conteúdo foi publicado no Guia dos Pais do G1 Paraná.