ÁREA RESTRITA: BJ CONNECT
 

Valores Humanos, Esportes, Olimpíadas, Institucional

29.08.2016

Bom Jesus é ouro no espírito olímpico

Compartilhe esta notícia:   
Bom Jesus é ouro no espírito olímpico

Mais de 600 mil metros percorridos em corridas, quase 14 mil metros no salto em distância e aproximadamente 6,5 mil pontos no basquete. Essa é a soma das contribuições de cada funcionário, aluno e professor das 34 Unidades do Colégio Bom Jesus que participaram do projeto institucional Olimpíadas Bom Jesus, no mês de agosto.

A iniciativa propôs uma ação que ressaltasse a importância do trabalho individual para a obtenção de um resultado maior, no coletivo, utilizando-se de três atividades olímpicas específicas: corrida, salto em distância e arremesso de lance livre, no basquete. A ação também teve o objetivo de envolver todos os participantes no clima dos Jogos Olímpicos Rio 2016, além de mostrar à comunidade os valores do esporte aliados às suas potencialidades.

(Foto: Aluna e professor do Bom Jesus Rolândia, no Paraná.)

“Salientou-se cada contribuição, cada participação, cada centímetro saltado ou percorrido e a importância da parte para a composição do todo, mostrando que cada indivíduo pode e deve dar a sua contribuição dentro do espaço social em que está inserido”, explica a coordenadora de Educação Física e de Esportes do Bom Jesus, Ana Zattar.

A professora também destaca que a organização de cada Unidade para realizar as atividades escolhidas como desafio colaborativo serviu como experiência de fraternidade e de união. “Na nossa sociedade é assim. Cada um vai se unir para alcançar objetivos, utilizando-se de ações individuais para compor o coletivo e conquistar um resultado. Nós, como educadores, devemos estimular isso também. Queremos que todos os participantes levem essa experiência para a vida”, relata Ana.

Para o coordenador de Ensino Religioso do Bom Jesus, Frei Claudino Gilz, o legado olímpico que deve permanecer é o resgate das potencialidades individuais e a importância disso para o grupo. “Com cada um fazendo a sua parte, ressaltamos os valores olímpicos e as virtudes franciscanas trabalhadas dentro do Bom Jesus, como conceitos concretos para a vida, associando e combinando esporte com cultura e educação”, diz.

Desempenho olímpico


Para mensurar o esforço coletivo durante o projeto Olimpíadas Bom Jesus, a equipe organizadora fez análises comparativas dos números obtidos com distâncias geográficas e recordes e conquistas de grandes atletas. Confira:

  • Salto em distância

Somados todos os saltos em distância realizados pela comunidade escolar durante o projeto, foi obtido o resultado final de 13.730,65m. Esse número ultrapassa em poucos metros o comprimento da ponte Rio-Niterói (13.290m), cartão-postal que liga Niterói à Cidade Maravilhosa – sede das Olimpíadas Rio 2016. A ponte também serviu de cenário em um dos espaços mais frequentados durante o evento, o Boulevard Olímpico.

(Foto: Ponte Rio-Niterói.)

Curiosidade: O recorde mundial de salto em distância é do americano Mike Powel, com 8,95m, que perdura desde 1991. É possível dizer, então, que os participantes do projeto do Bom Jesus saltaram 1.534 recordes mundiais!

  • Basquete

Durante os jogos de basquete das Olimpíadas Rio 2016, as equipes masculinas dos países participantes marcaram 6.228 pontos e as equipes femininas, 5.604. No mesmo período, os participantes do projeto do Bom Jesus marcaram 6.330 pontos em lances livres. Em uma classificação fictícia, que levasse em consideração o total de pontos marcados, teríamos o seguinte pódio:

• Medalha de ouro: Colégio Bom Jesus | 6.330 pontos
• Medalha de prata: Equipes masculinas de basquete | 6.228 pontos
• Medalha de bronze: Equipes femininas de basquete | 5.604 pontos

Curiosidade: O consagrado atleta brasileiro do basquete, Oscar Schmidt, em toda a sua carreira, marcou 49.737 pontos. Esse resultado surpreendente é um exemplo de que dedicação e disciplina fazem toda a diferença na busca por objetivos. Por isso, o incentivo ao esporte desde cedo é uma maneira eficiente de motivar as crianças a serem grandes pessoas!

  • Corrida

Os participantes do projeto do Bom Jesus correram 606.444m, número que representa 14 maratonas completas. Cada maratona possui 42.195m.

Curiosidade: Com esse resultado, seria possível realizar uma grande corrida de revezamento, percorrendo as distâncias entre as Unidades Bom Jesus Rio Grande (RS) e Bom Jesus Florianópolis (SC) ou, ainda, entre o Bom Jesus Arapongas (PR) e o Bom Jesus Vacaria (RS), e ainda sobrariam alguns quilômetros.

Confira alguns depoimentos dos participantes do projeto:


“Alunos e colaboradores participaram das atividades, durante as aulas de Educação Física, recreio, entrada e saída dos alunos. A Unidade estava em clima olímpico, um querendo acertar mais cestas que o outro, pular mais longe e até correr igual a Usain Bolt. Foi muito bacana.” - Maria Tereza Pienaro, coordenadora de Educação Física do Bom Jesus São José dos Pinhais, no Paraná.









“Vale ressaltar que os alunos adoraram participar. Os intervalos foram agitados nesses dias!”
Alessandra Padilha, gestora do Bom Jesus Externato, Pindamonhangaba, em São Paulo.

“A atividade foi bem bacana. Os alunos gostaram de participar e eu também. Então, é ouro! É ouro mesmo, pois foi uma ação conjunta que somou o esforço de cada um e manteve a chama do espírito olímpico acesa.”Angela Molinari, professora de Educação Física do Bom Jesus Blumenau, em Santa Catarina.


GALERIA DE FOTOS


Ver todas imagens