ÁREA RESTRITA: BJ CONNECT
 

Proposta Pedagógica, Editora, Esportes

23.09.2017

Xadrez no Bom Jesus: esporte e educação

Compartilhe esta notícia:   
Xadrez no Bom Jesus: esporte e educação

O xadrez é um esporte democrático, para todas as idades, e ainda pode ser utilizado como ferramenta pedagógica. Em muitas Unidades do Colégio Bom Jesus, o xadrez é oferecido como atividade curricular e extracurricular e, agora, também está nas páginas dos livros paradidáticos da Editora Bom Jesus.

"Um jogo chamado xadrez", " Um reino chamado xadrez" e "No mundo xadrez tim tim por tim tim" (Ed. Bom Jesus, 2017) são livros de iniciação ao jogo do xadrez indicados para crianças de 5 a 12 anos. A coleção é assinada pela mestra internacional de xadrez Regina Ribeiro e pela profissional Angela Molinari, ambas professoras do Bom Jesus Santo Antônio, em Blumenau (SC), em coautoria com Andressa Kretszchmar, economista, enxadrista e ex-aluna do Colégio.

As obras foram lançadas durante o Campeonato Brasileiro Escolar de Xadrez 2017, promovido pela Confederação Brasileira de Xadrez e realizado pelo Clube de Xadrez de Blumenau. O evento fez parte das comemorações dos 100 anos do Clube de Xadrez de Blumenau e ocorreu de 7 a 9 de setembro, no Pavilhão da Vila Germânica, na cidade blumenauense, com a presença de 129 escolas de 11 estados. Cerca de 600 enxadristas foram distribuídos nas 24 categorias do 1.º ano do Ensino Fundamental até a 3.ª série do Ensino Médio, nos naipes masculino e feminino dos Torneios Pensado e Blitz.

“Os livros são resultado da experiência e do trabalho de muitas pessoas que amam e que acreditam que o xadrez também é uma ferramenta poderosa de mudança social e de formação de caráter”, conta a professora Regina, que é reconhecida por ser uma das grandes incentivadoras do esporte nas escolas.

Orgulho blumenauense


Os alunos do Colégio Bom Jesus Santo Antônio foram destaque no torneio e conquistaram para a cidade de Blumenau dois títulos no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar. Thiago Carstens Dobuchak, campeão na categoria 3.ª série do Ensino Médio Masculino, e Gabriel de Borba, campeão na categoria 8.º ano do Ensino Fundamental Masculino foram os responsáveis pela performance. O aluno Matheus Augusto Brandão da Silva também fez importante contribuição, conquistando bronze na categoria 2.° ano do Ensino Fundamental Masculino.

Com os resultados do Torneio Pensado, o Grupo Educacional Bom Jesus (formado pelos Colégios, Editora e outras instituições relacionadas com educação), foi premiado como o melhor sistema de ensino na classificação geral com alunos de três Unidades: Santo Antônio (Blumenau), com 26 alunos; Divina Providência (Jaraguá do Sul), com três alunos; e São José (São Bento do Sul), que conquistou bronze na categoria 2.º ano do Ensino Médio com o aluno Fernando Gustavo Furmam.

O Bom Jesus Santo Antônio recebeu, ainda, o troféu de vice-campeão geral na classificação das 129 escolas participantes. Pontuaram também para o Colégio os alunos:

  • 4.º lugar: Gustavo Henrique Flesch – 4.° ano do EF masculino
  • 4.º lugar: William Ferreira Weise – 3.ª série do EM masculino
  • 5.º lugar: Gabriela Luísa Vicente Feller – 8.º ano do EF
  • 5.º lugar: Guilherme de Borba – 2.ª série do EM masculino
  • 6.º lugar: Sofia Rie Soejima – 1.º ano do EF
  • 10.º lugar: André Kim – 2.º ano do EF masculino

No Torneio Blitz, o Colégio Bom Jesus Santo Antônio obteve os seguintes resultados:

  • 1.º lugar: Guilherme de Borba – 2.º ano do EM
  • 1.º lugar: Gabriela Feller – 8.º ano do EF feminino
  • 2.º lugar: William Weise – 3.º ano do EM
  • 2.º lugar: Gabriel de Borba – 8.º ano do EF
  • 2.º lugar: Thiago Kim – 4.º ano do EF
  • 2.º lugar: André Kim – 2.º ano do EF
  • 3.º lugar: Leticia Soares Moretto – 7.º ano do EF feminino
  • 3.º lugar: Gustavo Flesch – 4.º ano do EF
  • 3.º lugar: Isadora Feller – 5.º ano do EF feminino

Resultados dos alunos do Colégio Bom Jesus por Unidade:

BJ Santo Antônio - Blumenau


Ensino Médio

  • 1.º lugar: Thiago Carstens Dobuchak – 3.° ano do EF
  • 4.º lugar: William Ferreira Weise – 3.° ano do EF
  • 5.º lugar: Guilherme de Borba – 2.° ano do EF

Ensino Fundamental

Masculino

  • Campeão: Gabriel de Borba – 8.° ano do EF
  • 3.º lugar: Matheus Augusto Brandão da Silva – 2.° ano do EF
  • 4.º lugar: Gustavo Henrique Flesch – 4.° ano do EF
  • 10.º lugar: André Kim – 2.° ano do EF
  • 13.º lugar: Thiago Kim – 3.º ano do EF
  • 15.º lugar: Benito Schaeffer Thomazelli – 2.º ano do EF
  • 15.º lugar: Matheus Krenkel Pereira – 3.º ano do EF
  • 24.º lugar: Victor Augusto Stroher – 7.º ano do EF
  • 24.º lugar: Lucas Burigo de Oliveira – 4.º ano do EF
  • 25.º lugar: Enzo Sabel Gamberalli – 3.º ano do EF
  • 26.º lugar: Arthur Arend Fabris – 4.º ano do EF
  • 30.º lugar: Vinícius Moreira Ramos – 9.º ano
  • 32.º lugar: Guilherme de Oliveira Santiago – 3.º ano do EF
  • 34.º lugar: José Augusto Montibeler Krauser – 4.º ano do EF
  • 35.º lugar: Rafael Augusto Mota Bublitz – 3.º ano do EF

Feminino

  • 5.º lugar: Gabriela Luísa Vicente Feller – 8.º ano do EF
  • 6.º lugar: Sofia Rie Soejima – 1.° ano do EF
  • 12.º lugar: Letícia Moreto Soares – 7.º ano do EF
  • 12.º lugar: Maria Elisa Cardoso – 2.º ano do EF
  • 14.º lugar: Isadora Cristina Vicente Feller – 5.º ano do EF
  • 19.º lugar: Eduarda Santoro Marques Dornelles – 3.º ano do EF
  • 23.º lugar: Mariana Ladewig Santos – 3.º ano do EF
  • 27.º lugar: Ana Paula Andrade Raitz – 5.º ano do EF

BJ Divina Providência – Jaraguá do Sul


  • 14.º lugar: Arthur Brecht de Freitas Monici – 1.ª série do EM
  • 15.º lugar: Livia Vilela Boava – 7.º ano do EF
  • 17.º lugar: Diego Giacomini – 9.º ano do EF
  • Professora: Karina Kanzler

BJ São José – São Bento do Sul


  • 3.º lugar: Gustavo Fernando Furmam – 2.ª série do EM

Internacional

 

Os alunos-atletas do Bom Jesus participam com frequência de campeonatos internacionais. No mês de agosto, por exemplo, uma equipe da Instituição esteve no Campeonato Mundial de Xadrez de Cadetes 2017, em Poços de Caldas (MG), que reuniu cerca de 400 enxadristas de mais de 50 países.

O Bom Jesus foi representado pelos alunos Thiago Kim e Gustavo Flesch, ambos jogando na categoria Sub-10 Absoluto, e Isadora Feller, jogando no Sub-10 Feminino, e pela técnica Regina Ribeiro. No mesmo evento, a mestra em xadrez também participou do Seminário de Treinadores da FIDE (Federação Internacional de Xadrez).

“Minha quarta participação acompanhando alunos do Bom Jesus foi, mais uma vez, gratificante e motivadora. Voltei com a certeza de que estamos avançando na consolidação de uma proposta que iniciou há 28 anos, com a criação da Escolinha de Xadrez”, relata a mestra Regina, que acumula participações nos Mundiais da Grécia (2002), Caldas Novas, em Goiás (2011) e em Batumi, na Geórgia (2016).


GALERIA DE FOTOS


Ver todas imagens