Institucional, Certificacao

06.02.2020

Bom Jesus Itajaí é uma Escola de Referência Google

Compartilhe esta notícia:   
Bom Jesus Itajaí é uma Escola de Referência Google

A Unidade de Itajaí do Bom Jesus foi reconhecida como Escola de Referência Google for Education. A premiação foi entregue à gestora Júlia Martinez, no dia 5 de fevereiro. A conquista coloca a Instituição na vanguarda da tecnologia educacional, que utiliza metodologias ativas, por meio da GSuite e dos Chromebooks, para tornar o ensino mais colaborativo, ressignificando os papéis do professor e do aluno em sala de aula.

De um lado, o mestre assume o papel de guia e de provocador e, do outro, os estudantes ganham protagonismo ao colocar a criatividade a serviço do aprendizado, por meio da pesquisa e da colaboração. O Google dá a esse modelo o nome de “estudo intuitivo”. Nessa proposta, mais alinhada à educação 4.0, a própria sala de aula fica mais dinâmica e se torna sala de inovação, transformando qualquer espaço em um local de ensino-aprendizagem.

“Com os Chromebooks, que são computadores desenvolvidos pelo Google, os alunos ganham mobilidade e autonomia. A utilização da tecnologia e das ferramentas oferecidas pela GSuite estimula a pesquisa, amplia horizontes e oferece múltiplas possibilidades para todos”, comenta Daniella Clivatti, coordenadora de Tecnologia Educacional do Grupo Educacional Bom Jesus.

O processo
O Colégio Bom Jesus é usuário de tecnologia e de ferramentas de aprendizagem da plataforma Google for Education desde 2012. Ou seja, há anos a tecnologia é uma aliada pedagógica e desenvolve competências e habilidades do século XXI.

Para que fosse reconhecido como referência em tecnologia educacional pelo Google, o Bom Jesus precisou cumprir alguns requisitos. A Unidade conta com:

  • 143 Chromebooks - a meta era no mínimo 100.
  • 100% da equipe pedagógica e administrativa utilizando a GSuite, inclusive aplicativos como o Google Sala de Aula. A meta era de 30 a 50% de utilização para alunos a partir do 6.º ano.
Professores com certificado:
  • Nível 1 (20%) - a meta era 10, mas o Bom Jesus certificou 11.
  • Nível 2 (5%) - a meta era 2, mas foram certificados 4.
  • Trainner (1/100) - a meta era 1, foram formados 2.
No Brasil, ao todo, são certificadas menos de 50 escolas. Mais precisamente, são reconhecidas 47, incluindo Itajaí. Em Santa Catarina, o Senai, que oferece ensino profissionalizante, conquistou a referência em 2018, mas, em relação à escola básica, o Bom Jesus foi a primeira. A conquista torna a Unidade de Itajaí (SC) pioneira nesse quesito.

“A tecnologia faz parte do dia a dia do aluno. Nesse processo coube, então, à Instituição e ao professor fazer dela uma aliada. Afinal, o próprio comportamento do consumidor – e o aluno está incluído aqui –, que está mais exigente e focado na experiência, acabou impulsionando as mudanças que reverberaram também nos métodos de ensino, que estão mais desburocratizados e dinâmicos. O uso do computador e das ferramentas do Google for Education facilita e incentiva o processo educativo. Agradeço o empenho de todos e o apoio do Grupo Educacional Bom Jesus!”, observa Júlia, a gestora.

O aluno 4.0
O aluno de hoje constrói o conhecimento de maneira multidisciplinar. Ele assiste a vídeos, ouve podcasts ou lê textos que o atraem. Sendo assim, é necessário que a escola acompanhe a evolução das gerações, fazendo com que as aulas se adéquem ao processo natural de aprendizado e as informações sejam repassadas aos alunos naturalmente. O aluno 4.0 não decora: aprende e também ensina. Afinal, as crianças e os jovens da era digital compartilham, cocriam e sentem-se estimulados com o trabalho em equipe.

O professor da era digital
O papel do professor vem mudando ao longo dos anos. Nos dias de hoje, o mestre é mediador do aprendizado e também aprende. O professor da era digital entende que o uso do computador é essencial para a evolução e traz possibilidades importantes para sanar curiosidades, permitindo pesquisas rápidas e aprofundadas. Além de não limitar a imaginação, o uso da tecnologia proporciona mobilidade, deixando as aulas mais dinâmicas à medida que não é necessária uma estrutura rígida da sala de aula, com mesas, cadeiras e lugares demarcados.


GALERIA DE FOTOS


Ver todas imagens
FALE COM A NOSSA EQUIPE