Iniciação Científica, Geral

24.01.2022

Alunos do Colégio Bom Jesus são premiados em Olimpíada Brasileira de Matemática

Compartilhe esta notícia:   
Alunos do Colégio Bom Jesus são premiados em Olimpíada Brasileira de Matemática

Setenta e três alunos de unidades do Grupo Educacional Bom Jesus em todo o país receberam medalhas e menções honrosas na 16.ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Foram entregues aos estudantes da instituição 68 menções honrosas, quatro medalhas de bronze e uma de prata.

“A Olimpíada qualifica o ensino de Matemática cada vez mais. É uma competição muito bem-vista, pois traz aos alunos a oportunidade de se habilitarem para outras olimpíadas nacionais, bem como para projetos de iniciação científica até a graduação”, avalia a coordenadora de Matemática do Colégio Bom Jesus, Vanessa Pereira, que compõe a equipe com os professores Bruno Steinmetz e Bruna Pionteke.

Conquistas

As unidades de Curitiba (PR) contempladas foram o Bom Jesus Nossa Senhora de Lourdes e o Bom Jesus Água Verde, com uma medalha de bronze cada. Lourdes e Água Verde obtiveram, ainda, sete menções honrosas cada uma. O Bom Jesus Divina Providência, por sua vez, angariou três menções honrosas, e o Bom Jesus Centro, cinco.

Ainda no Paraná, agora na região metropolitana de Curitiba, as unidades de Campo Largo (Bom Jesus Aldeia), Colombo (Bom Jesus Alphaville), São José dos Pinhais e Araucária (Bom Jesus São Vicente) também conquistaram menções honrosas, sendo duas para Campo Largo, duas para Colombo, cinco para São José e uma para Araucária. O Colégio Bom Jesus São José, do município de Rio Negro, obteve duas menções honrosas. As unidades de Arapongas, Maringá e Rolândia conquistaram duas.

Já em Santa Catarina, as unidades do Grupo obtiveram 21 menções honrosas, sendo que o Colégio Bom Jesus Aurora, em Caçador, conquistou uma medalha de prata. As unidades que obtiveram menções honrosas foram o Bom Jesus Divina Providência, de Jaraguá do Sul (três); Pedra Branca, de Palhoça (quatro); Santo Antônio, de Blumenau (quatro); São José, de São Bento do Sul (três); Coração de Jesus, de Florianópolis (três); Bom Jesus Aurora, em Caçador (1); e o Bom Jesus de Itajaí (duas). 

No Rio Grande do Sul, a unidade de Arroio do Meio, o Bom Jesus São Miguel, recebeu uma medalha de bronze e duas menções honrosas. No Bom Jesus Aparecida, de Venâncio Aires, foram três menções. Já o Bom Jesus Sévigné, de Porto Alegre, angariou uma menção.

Por fim, em São Paulo, o Bom Jesus de Itatiba conquistou uma medalha de bronze e uma menção honrosa. 
Todos os colégios foram premiados nos níveis 1, 2 e 3, que correspondem a 6.º e 7.º anos, 8.º e 9.º anos e Ensino Médio, respectivamente.

A Olimpíada em todo o país

Em todo o país, 17,8 milhões de estudantes do 6.º ano do Ensino Fundamental à 3.ª série do Ensino Médio se inscreveram na Olimpíada, incluindo pouco mais de 53 mil escolas públicas e particulares. Foram distribuídas 575 medalhas de ouro, 1725 de prata, 5.175 de bronze e mais 51.900 menções honrosas. As datas das cerimônias de premiação ainda não foram definidas.

Os alunos premiados são convidados para participar do Programa de Iniciação Científica Jr. e recebem uma bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), além de terem acesso a outros encontros para aprofundar os conhecimentos em Matemática. Os estudantes que se matricularem em cursos de graduação têm acesso, ainda, ao Programa de Iniciação Científica e Mestrado (PICME).

A OBMEP foi criada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) em 2005 e é realizada com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), com recursos dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e da Educação (MEC).

 LISTA DOS ALUNOS CONTEMPLADOS

AGENDE UMA VISITA