ÁREA RESTRITA: BJ CONNECT
 

Iniciação Científica

18.06.2015

Aluna do Bom Jesus é finalista na Olimpíada dos Gênios

Compartilhe esta notícia:   
Aluna do Bom Jesus é finalista na Olimpíada dos Gênios

Soluções para o impacto ambiental causado pela poluição e formas alternativas para a conservação dos alimentos muitas vezes surgem de ideias simples e ao mesmo tempo geniais. Com apenas 16 anos e uma ideia inovadora, a estudante do Ensino Médio Sayuri Tais Miyamoto Magnabosco, do Colégio Bom Jesus, em Curitiba (PR), teve um projeto científico com essa proposta reconhecido na Olimpíada dos Gênios, ou Genius Olympiad, que ocorre em Nova York, nos Estados Unidos.

Sayuri, ao lado de estudantes de 65 países, apresentou ao público trabalhos relacionados a questões ambientais. O projeto da curitibana, “Embalagem biodegradável com função antimicrobiana para substituir bandejas de isopor”, foi escolhido pelos organizadores da feira científica entre os três mais inovadores e aplicáveis. Ela também recebeu uma bolsa de estudos da State University of New York at Oswego, organizadora do evento.

Com essa conquista, Sayuri amplia o reconhecimento da comunidade acadêmica quanto à qualidade do seu trabalho e valida os encaminhamentos do Programa de Iniciação Científica, que é desenvolvido nas 30 Unidades do Bom Jesus. A orientação do projeto da estudante é do professor de Biologia Cornélio Schwambach.

Histórico genial


No mês de março, a dupla do Bom Jesus, com o mesmo projeto, conquistou prêmios nas categorias “Professor Destaque do Paraná” e “Ciências Biológicas”, durante a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) 2015, que ocorreu na Universidade de São Paulo (USP).

Sayuri também recebeu um certificado de reconhecimento da ASM Materials Education Foundation, pela exibição de maior destaque no quesito “Ciência de Materiais”. A jovem ganhou, ainda, o mérito científico da Sociedade Brasileira de Microbiologia.