Ensino Fundamental I

Ensino Fundamental I Nessa etapa educativa, prioriza-se a aprendizagem com entendimento, a integração dos conhecimentos escolares por meio da abordagem investigativa, da resolução de problemas e do desenvolvimento de projetos. Por esse motivo, a cada novo tema de estudos, tem-se uma nova problematização. Esta contribui para a mobilização dos conhecimentos prévios das crianças e as instiga a formular e a rever hipóteses estabelecidas, por meio da pesquisa e da investigação, assumindo um posicionamento crítico com relação à aprendizagem.

A abordagem investigativa incorpora, ainda, a formulação de sínteses, de mapas conceituais e de redes de conhecimento, a reflexão a respeito das estratégias pessoais utilizadas na resolução dos problemas propostos e a análise dos resultados obtidos. Assim, contribui para a compreensão de assuntos complexos e para a transposição das aprendizagens escolares a outros contextos.

Conheça, a seguir, um pouco mais sobre essa proposta pedagógica.

ABORDAGEM INVESTIGATIVA
Nessa etapa, os temas de estudo são explorados com base na abordagem investigativa, na contextualização com situações reais, na integração das áreas ou das disciplinas, na problematização e no trabalho com pesquisas e projetos.

Essa abordagem considera a importância de os alunos compreenderem o que aprendem e envolve alguns princípios, como a exploração e a reflexão sobre o trabalho realizado, a investigação e o planejamento prévio, assim como a interpretação de resultados, informações ou dados obtidos. Além disso, está voltada para a comunicação dos resultados e dos conhecimentos adquiridos e para a transferência das aprendizagens realizadas a novos cenários.

LETRAMENTO
A aquisição da base alfabética ocorre por meio do uso da leitura e da escrita desde a Educação Infantil. A dedicação cognitiva para aprender a ler e a escrever extrapola a memorização e o ato de interligar letras e sílabas.

Depende de que as crianças, em interação com a linguagem falada ou escrita, percebam ou passem a ter consciência de certos fatos linguísticos e que desenvolvam a consciência fonológica. Assim, ao tomar contato com os sistemas de escrita, por meio de processos mentais, reinventam-nos, realizando um trabalho de compreensão da construção e de suas regras de produção.

Nesse processo, as crianças elaboram um grande número de hipóteses e vão confrontando-as, em um movimento de interação entre o seu saber e aquele apresentado por meio da escrita convencional. A oportunidade de escrever quando ainda não possuem esse domínio permite que as crianças comparem hipóteses sobre a escrita e pensem em como ela se organiza, o que representa e para que serve.

FERINHA KIDS
Na plataforma digital BJ Connect, é disponibilizado aos alunos do 2.º ao 4.º ano do Ensino Fundamental I esse recurso, que tem o objetivo de auxiliar na retomada dos temas de estudo com base em questões que envolvem todas as áreas do conhecimento.

UNIDADES BOM JESUS QUE OFERECEM Ensino Fundamental I